• 7 de novembro de 2019 |
  • 0 comentários

Deputado Dr Yglésio defende colega de Profissão

 

Um fato bastante inusitado na Universidade Ceuma tem repercutido intensamente na Capital Maranhense nesta última semana e tomou maiores proporções no Estado depois que o Deputado Dr Yglésio subiu à Tribuna da Assembleia Legislativa nesta quinta feira 07/11 para expor uma situação ocorrida na maior Universidade privada do Maranhão.

Deputado Dr Yglésio

Dr Yglésio, explanou que seu amigo, colega de profissão, o médico de 83 anos, Dr Amazonas, teria sido insultado e humilhado por uma de suas alunas em plena sala de aula, e pra piorar a história, a Universidade tomou rapidamente a iniciativa de remover o professor da sala de tutoria que a aluna pertencia. A história poderia ser outra, ne?; mas a aluna para não ser contrariada, ao invés de sofrer punição pelo ato que logo foi repudiado pelos colegas de turma, foi agraciada pela Universidade em não ter Dr Amazonas como seu professor avaliador.

E com isso, veio a grande interrogação… quem foi essa aluna? Acontece que Dr Yglésio não hesitou em dizer que a aluna que cometeu tão grande ato desrespeitoso com contra Dr Amazonas, é nada mais, nada menos que a sobrinha da Reitora do Ceuma; talvez se achando com isso no direito de falar o que quer, para quem quiser.

Dr Amazonas – Médico e Fundador do Curso de Medicina da Universidade Ceuma

A situação piorou quando o Professor Dr Amazonas ao sofrer tamanha humilhação ao longo de tantos anos dedicados à Medicina, necessitou de cuidados médicos para evitar maiores danos à sua saúde e de imediato pediu demissão.

A repercussão tem sido tão grande, que centenas de alunos estão bombardeando as redes sociais com mensagens de apoio ao Professor Amazonas.

Em conversa com uma professora do CEUMA, já existe um grupo formado por 38 professores que caso a situação não se resolva e a Universidade demita o professor Amazonas, haverá um pedido de demissão coletivo de outros professores que se sensibilizaram com o colega em repúdio ao fato ocasionado por total desrespeito da aluna, sem falar que a Universidade estará numa grande saia justa por estar esperando a visita do MEC nos próximos 20 dias.

 

Deixe o seu comentário